Publicidade

Movimentação econômica de Salvador cresceu 1,6% em abril de 2023

14, junho 2023
Salvador (BA) - Vista da Baía de Todos os Santos, com o Elevador Lacerda (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Passageiros no Aeroporto Internacional de Salvador (8,6%) apontaram a maior variação positiva

O Índice de Movimentação Econômica de Salvador (Imec-SSA) registrou um crescimento de 1,6% em abril de 2023, em comparação com o mês anterior (série com ajuste sazonal). O indicador apresentou um avanço de 1% em relação a abril de 2022 e um crescimento de 6,9% no acumulado dos últimos doze meses, quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Quatro das seis variáveis que compõem o indicador impulsionaram o aumento, com destaque para Passageiros no Aeroporto Internacional de Salvador (8,6%), seguida por Passageiros de ônibus intermunicipais (4,6%), depois Passageiros de ônibus urbanos (3,2%), e Consumo de energia elétrica (1,9%). Por outro lado, as contribuições negativas vieram de Combustíveis (-3,0%) seguida por Carga portuária (-1,6%). 

Segundo o economista César Bergo, a economia brasileira melhorou significativamente no primeiro semestre de 2023, e Salvador é um destaque em termos de metrópole nacional. “Ela está entre as 10 maiores cidades brasileiras e é protagonista, sobretudo em termos de turismo, cultura e história, então atrai bastante turista”, aponta.

Para o economista, muitas atividades econômicas retornaram à normalidade após a pandemia do coronavírus, e como Salvador é um polo de concentração de investimento importante na área do comércio da indústria e de atração turística, é natural o crescimento da movimentação no aeroporto e nas rodoviárias.

“É o que nós estamos vendo em Salvador, particularmente. Um destaque nacional, obviamente outras capitais também estão apresentando bons índices no modo geral, a economia brasileira tem se recuperado bem da pandemia e das questões econômicas, apresentando o crescimento, oferta de emprego, isso é fundamental. No setor de turismo, no caso de Salvador, vem apresentando excelentes resultados”, explica Bergo.

Projeções futuras

O economista explica que, para os próximos meses, a economia deve continuar a crescer em âmbito nacional. O que deve contribuir para isso são as reformas tributárias do novo arcabouço fiscal. “Isso acaba dando um ânimo extra para economia, e não tenha dúvida de que Salvador está nesse contexto de grande crescimento”, afirma.

Fonte: Brasil 61