Publicidade

Entidade de servidores diz que governo ofereceu reajuste de 9% para funcionalismo federal

10, março 2023
Informação foi divulgada pelo Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate). É a segunda proposta de aumento. Servidores querem 13,5%. O Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate) informou nesta sexta-feira (10) que servidores federais receberam do governo uma nova proposta de reajuste salarial: um aumento de 9% a partir de maio e acréscimo de R$ 200 no auxílio-alimentação.
Inicialmente, a entidade informou que o índice seria de 8,4%, a partir de abril. Depois, atualizou e disse que, depois de negociação, o governo ofereceu 9%, a partir de maio.
O g1 procurou o Ministério da Gestão e Inovação, responsável pela negociação com o funcionalismo federal, para confirmar a informação, mas ainda não obteve resposta.
Se confirmada, é a segunda proposta de reajuste apresentada pelo governo a servidores.
Na primeira, o Executivo ofereceu um reajuste de 7,8% a partir de março. Os servidores, por meio das entidades que compõem o Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate), rejeitaram a proposta.
As entidades, então, fizeram uma contraproposta, pedindo reajuste de 13,5%. Também solicitaram que o governo inclua no acordo o compromisso de equiparação de todos os benefícios com demais Poderes até o fim de 2026.
Nesta sexta, houve uma nova reunião entre os servidores e o Ministério da Gestão e da Inovação, quando a pasta teria apresentado inicialmente a proposta de reajuste de 8,4% a partir de abril e, depois, subido para 9% a partir de maio.

Fonte: G1