Nacional

Auxílio Brasil: novos incluídos poderão movimentar benefício pelo Caixa TEM


A terceira parcela do programa que substitui o Bolsa Família começará a ser paga em 18 de janeiro. A Caixa Econômica Federal começa a pagar no próximo dia 18 de janeiro a terceira parcela do Auxílio Brasil.
Auxílio Brasil: Qual o valor? Quem vai receber? Tire dúvidas
Governo confirma que não pagará retroativo de R$ 400 de novembro
TUDO SOBRE O AUXÍLIO BRASIL
A partir deste mês, 3 milhões de novas famílias começam a receber o benefício, segundo o presidente. da Caixa, Pedro Guimarães, totalizando 17,5 milhões de famílias beneficiárias.
Até que essas novas famílias recebam o cartão do programa, o benefício poderá ser movimentado pelo Caixa TEM – mesmo aplicativo usado para recebimento do Auxílio Emergencial. Assim, não é necessário ir às agências da Caixa.
Veja abaixo o calendário:
Calendário de pagamentos do Auxílio Brasil em 2022
Economia/g1
Para saber em que dia o benefício ficará disponível para saque ou crédito em conta bancária, a família deve observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão de cada titular. Para cada final do NIS há uma data correspondente por mês.
"As parcelas mensais ficam disponíveis para saque por 120 dias após a data indicada no calendário. Os beneficiários podem conferir no extrato de pagamento a “Mensagem Auxílio Brasil”, com o valor do benefício", informou, em nota, o Ministério da Cidadania.
O Ministério da Cidadania informou na terça-feira (11) que 3 milhões de novas famílias foram incluídas no programa do Auxílio Brasil. Segundo o ministério, com essa inclusão o governo "zerou a fila de elegíveis de 2021", e atenderá em janeiro um total de 17,566 milhões de famílias.
Programa social substitui Bolsa Família após 18 anos
Os pagamentos do Auxílio Brasil começaram em 17 de novembro, mesmo dia em que o governo liberou a última parcela do auxílio emergencial, instituído em razão da pandemia de Covid-19. Em dezembro, o governo federal começou a pagar a todos os beneficiários um valor mínimo de R$ 400.
Decreto assinado pelo presidente Bolsonaro prorrogou até dezembro de 2022 o chamado "Benefício Extraordinário", que assegura o valor mínimo de R$ 400 por família atendida pelo programa de transferência de renda. O pagamento retroativo a novembro, promessa do governo, não acontecerá.
Os benefícios serão pagos por meio da conta poupança social ou por contas correntes regulares. Quem for inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderá abrir, de forma automática, uma conta do tipo poupança social digital para receber o pagamento.
Canais de atendimento
Em caso de dúvidas sobre o Auxílio brasil, o governo oferece 3 canais de atendimento:
pelo telefone 121, do Ministério da Cidadania,
pelo número 111 da Caixa Econômica Federal
pelo aplicativo Auxílio Brasil
00:00 / 16:26

Fonte: G1