Mato Grosso do Sul

Apenas 12% das crianças estão cadastradas para vacinar contra covid na Capital

O cadastramento de crianças de 5 a 11 anos para a vacinação contra a covid-19 avançou muito pouco nas últimas semanas, em Campo Grande. Hoje (13), apenas 10.851 estão cadastradas, o que representa apenas 12,05% dos 90 mil estimados pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

A Capital espera receber as doses da Pfizer na sexta-feira (14) pela manhã e distribuir às unidades de saúde durante a tarde, mas não está estipulado horário para o início da vacinação ainda, porque tudo depende da chegada das doses em Mato Grosso do Sul. Conforme o Ministério da Saúde, a remessa de MS saíra em voo previsto para às 6h40 de amanhã com chegada às 7h35.

As doses para as crianças chegaram ao Brasil, às 3h45 do horário de MS, de hoje (13) e ainda serão encaminhadas aos Estados. A remessa com 1,2 milhão de doses do imunizante foi descarregada no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (São Paulo).

Mato Grosso do Sul deve receber 18,3 mil doses e o quantitativo que ficará na Capital será definido amanhã (14), em reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite), conforme a assessoria da Sesau.

Em dezembro, o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, chegou a informar que havia 25 mil crianças cadastradas para a vacinação, mas a informação estava equivocada, pois o número divulgado hoje pela secretaria foi extraído pelo órgão diretamente do sistema de identificação.

O cadastro para vacinação deve ser feito pelo site www.vacina.campogrande.ms.gov.br. É preciso informar idade, etnia e se faz parte de algum grupo especial, como pessoa com deficiência ou com comorbidades.

Com o cadastro realizado, acompanhadas de seus responsáveis, as crianças poderão ir até um posto de vacinação quando os locais e horários forem divulgados pela Sesau.