Nacional

Dona do Mercado Bitcoin compra bolsa de criptomoedas portuguesa CriptoLoja

CriptoLoja atua em Portugal desde julho do ano passado, após receber em junho licença para funcionar como prestador de serviços de bens virtuais. A brasileira 2TM, controladora do Mercado Bitcoin, anunciou nesta quarta-feira (12) a compra da bolsa portuguesa de moedas digitais CriptoLoja. O valor da operação não foi revelado.
A CriptoLoja atua em Portugal desde julho do ano passado, após receber em junho licença para funcionar como prestador de serviços de bens virtuais.
"Portugal é um mercado estratégico para nós, porque requer uma licença específica e vai se tornar um importante centro de criptoativos na Europa, abrindo uma porta de entrada para o maior mercado europeu", disse Roberto Dagnoni, presidente-executivo da 2TM, em comunicado.
Bitcoin: Saiba o que é e como funciona a mais popular das criptomoedas
A holding brasileira vai iniciar a sua expansão na Europa com uma operação de balcão. Como segunda fase, pretende levar toda a plataforma do Mercado Bitcoin para investidores de varejo e institucionais.
Os fundadores da CriptoLoja, Luís Gomes e Pedro Borges, continuarão a ser co-líderes do negócio, liderando, ao mesmo tempo, a expansão da 2TM na Europa. A CriptoLoja é uma de muitas aquisições que a 2TM avalia, não apenas na Europa, mas também na América Latina.
"Estamos buscando vários mercados onde possamos adquirir companhias que já tenham licenças ou tenham encaminhado pedidos de licença para operação", disse o diretor-executivo de desenvolvimento corporativo da 2TM.
Em julho, o Mercado Bitcoin recebeu um aporte de R$ 1 bilhão do SoftBank Latin America Fund, uma operação que avaliou a empresa em R$ 10,4 bilhões.

Fonte: G1