Nacional

Inflação nos EUA tem alta de 5% em 12 meses em outubro, a maior em 31 anos


Dados mostram que os preços da energia subiram 30,2%, enquanto os dos alimentos avançaram 4,8%. Taxa de inflação nos EUA chegou a 6,2% no acumulado dos últimos 12 meses.
Getty Images via BBC
Os preços do consumo continuaram subindo em outubro nos Estados Unidos, impulsionados pela energia, e registraram um aumento de 5% em 12 meses, o maior aumento anual desde 1990, de acordo com dados oficiais divulgados nesta quarta-feira (24).
De acordo com o índice PCE do Departamento de Comércio, a inflação mensal foi de 0,6% entre setembro e outubro. Além disso, as receitas e despesas das residências cresceram bem mais que o esperado em relação a setembro, 0,5% e 1,3%, respectivamente.
O aumento anual do índice PCE, que mede o aumento dos preços com base no consumo pessoal, é o maior desde novembro de 1990 e estava bem acima dos 4,4% em 12 meses de setembro passado.
O relatório indica que os norte-americanos continuam comprando de mãos dadas com rendas mais altas, embora a inflação alcance números recordes. Os dados mostram que os preços da energia subiram 30,2% desde outubro de 2020, enquanto os preços dos alimentos subiram 4,8%.
A renda dos americanos também aumentou com salários e aluguéis mais altos, de acordo com dados oficiais.
Os consumidores direcionaram suas despesas tanto para bens quanto para serviços.

Fonte: G1