Nacional

Com tombo das ações, Petrobras perde mais de R$ 70 bilhões em valor de mercado

Papeis da petroleira desabam mais de 20% nesta segunda-feira na Bolsa brasileira. Em duas sessões, perdas nas cotações das ações chegam a R$ 100 bilhões. Com o forte tombo na cotação das ações nesta segunda-feira (22), a Petrobras perdeu bilhões em valor de mercado em poucas horas. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, por volta das 11h20, a estatal havia encolhido R$ 72,5 bilhões em pouco mais de uma hora de pregão, o equivalente ao valor de mercado da Natura.
Na sexta-feira (19), antes mesmo do anúncio do presidente Jair Bolsonaro da indicação de um novo presidente-executivo para a Petrobras, a estatal já tinha visto o seu valor na Bolsa encolher R$ 28 bilhões.
Confirmado o patamar de derretimento das ações da Petrobras nesta segunda, a perda de valor de mercado em duas sessões será da ordem de R$ 100 bilhões.
Troca de comando na Petrobras: veja perguntas e respostas
O levantamento da Economatica considera o valor dos papeis por volta das 11h20, quando as ações ordinárias (PETR3) tinham queda de 19,08% (R$ 21,93), e as preferenciais (PETR4) tinham baixa de 19,39% (R$ 22,03). Veja as cotações.
A Petrobras era avaliada nesta segunda na bolsa em R$ 282,2 bilhões, contra R$ 382,9 bilhões no fechamento da última quinta-feira (18), retrocedendo para o menor patamar desde novembro de 2020.
Segundo a Economatica, a maior queda diária já registrada no valor de mercado da Petrobras foi registrada no dia 9 de março do ano passado, na esteira de um tombo no valor da cotação do petróleo, quando a estatal perdeu R$ 91,1 bilhões.
Sucessão na Petrobras: Economista fala sobre troca de comando e impactos no mercado financeiro
Initial plugin text

Fonte: G1