Nacional

Conhaque de 1777 é leiloado por mais de R$ 300 mil


Destilado antes da Revolução Francesa, o conhaque passa a ser um dos mais antigos e caros do mundo. Conhaque de 1777 (ao centro) é um dos mais antigos e caros a serem leiloados no mundo
Whisky.Auction
Uma garrafa de conhaque de 1777 foi vendida por 40.500 libras esterlinas (cerca de R$ 306 mil) no Whisky.Auction. De acordo com o site britânico de leilões, a venda coloca a garrafa como uma das mais caras do mundo para um conhaque.
Destilado na época de Louis XVI pela propriedade Yvon, perto de Cognac, cidade do sudoeste da França, o conhaque integrava a coleção de Jacques Hardy, que faleceu em 2006 após comandar a casa Hardy durante quase 50 anos.
De acordo com o site, a garrafa de "história líquida" foi conservada em barris de carvalho por mais de 100 anos e depois transferida para um garrafão, antes de ser engarrafada em 1936. Antecedendo a Revolução Francesa, o conhaque é um dos mais antigos levados à leilão.
Para Sukhinder Singh, consultor da Whisky.Auction, este é um dos melhores conhaques já engarrafados. "Que privilégio foi provar um líquido tão velho, ainda fresco e cheio de vida com o sabor persistente", disse Singh.
Outras cinco garrafas de conhaque da antiga coleção de Jacques Hardy, com datas de 1802, 1812, 1856, 1906 e 1914, foram vendidas individualmente na operação, por um total de 49.600 libras (R$ 368 mil), segundo o Whisky.Auction.
VÍDEOS: as últimas notícias de economia

Fonte: G1