Nacional

Carlos Bolsonaro diz que presidente pediu estudos sobre energia solar

Vereador do Rio de Janeiro afirmou que Bolsonaro solicitou a técnicos números para viabilizar o barateamento da energia sustentável

O vereador pelo Rio de Janeiro e filho do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), afirmou, em sua conta no Twitter, neste domingo (6), que o governo está estudando o barateamento da energia solar. Em setembro, Carlos se licenciou da Câmara do Rio para “tratar de assuntos particulares”.

“O Presidente Bolsonaro pediu aos técnicos do governo estudos e números para viabilizar barateamento da energia solar e suas aplicabilidades para o consumidor”, disse hoje no Twitter.

Na publicação, Carlos fez menção a uma conversa de Bolsonaro com um seguidor pelas redes sociais. No diálogo, o seguidor pede ao presidente para baixar o imposto que incide sobre as placas solares, e Bolsonaro responde que encomendou estudos.

Reunião com Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reuniu-se hoje com o presidente no Palácio Alvorada.

A visita, que não estava prevista na agenda de Bolsonaro, foi rápida: Maia chegou às 9h e saiu às 9h50. O teor da conversa não foi divulgado e Maia entrou e saiu sem falar com a imprensa.

Fonte: Exame