Nacional

Deputados devem votar parecer da Previdência nesta quinta

Integrantes da Comissão Especial se reúnem a partir de 9 horas; se aprovado o parecer, reforma da Previdência já é encaminhada para o plenário

Os deputados da Comissão Especial da Reforma da Previdência se reúnem a partir das 9 horas para votar o novo parecer do relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). Ontem, depois de quase seis horas de reunião, foi vencida a obstrução de partidos da oposição (PT, PSB, PDT, Psol e Rede), com a derrubada de cinco pedidos de retirada de pauta.

Os integrantes do colegiado têm até as 10 horas para apresentar destaques ao texto. Até ontem, já haviam sido apresentados vinte e cinco destaques de bancada.

O líder da maioria na Câmara dos Deputados, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse em entrevista à rádio CBN que a expectativa dos parlamentares é de que a votação sobre o parecer do relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), seja concluída nesta quinta-feira (4).

Sobre a polêmica envolvendo os protestos de policiais contra a reforma, Ribeiro afirmou que não houve redução da idade mínima de 55 anos para 53 para homens e 52 para mulheres porque os próprios policiais concordaram com a idade mínima de 55 anos. “Além disso, seria um problema importante baixar a idade mínima para uma categoria e não fazê-lo para outras”, disse. “Acredito que esta questão já está superada”.

O deputado também citou que não há mais espaço para discutir a inclusão de Estados e municípios na Comissão e que isso deve ser debatido em plenário, “mas precisa do apoio dos governadores”.

Ribeiro disse ainda não ser possível estimar quantos votos a reforma teria se fosse votada em plenário hoje. “Precisamos primeiro ver como sairá o relatório, depois conseguiremos fazer as estimativas”, disse.

Fonte: Exame